Cemitério São Paulo

Cemitério São Paulo

Cemitério São Paulo

Entrada Principal do Cemitério São Paulo

Numa área de 104.000 m², recém adquirida da igreja, o Cemitério São Paulo foi construído pela Prefeitura de São Paulo, entre os quarteirões da R. Cardeal Arco Verde, R Luis Murat e Henrique Schaumann, no bairro de Pinheiros. Foi inaugurado em 1926, dando continuidade aos outros dois primeiros cemitérios existentes na época, já com lotação esgotadas, o Cemitério do Araçá e o Cemitério da Consolação. Conta atualmente com mais de 140.000 sepultamentos.

Idealizado para suprir as necessidades da elite econômica e social paulista, que precisava de um novo local para sepultar os seus familiares, aos poucos foi aumentando o numero de jazigos que eram adquiridos pela camada mais próspera da população, na maioria italianos e estrangeiros que haviam prosperado em seus ramos de negócios.

Cemitério São Paulo

Cemitério São Paulo

O Cemitério São Paulo caracteriza-se por ser um Cemitério riquíssimo em Sepulturas Imponentes, construídos por magnatas da época, que queriam ter seus entes queridos sepultados em Túmulos Grandiosos. É um cemitério que possui obras tumulares esplendorosas e que merecem ser apreciadas. Foram obras criadas por diversos artistas, entre eles, Galileo Emendabili, Victor Brecheret, Nicola Rollo, Bruno Giorgi, Luigi Brizzolara, e muitos artistas brasileiros e estrangeiros não muito conhecidos, com várias tendências artísticas, mas que também deixaram uma vasta obra tumular nesse cemitério. Vale a pena conhecer.

Possui varias personalidades sepultadas, entre elas estão os corpos de José Ermírio de Moraes (empresário), o escultor Victor Brecheret (autor do Monumento às Bandeiras, no Ibirapuera), o escritor Menotti Del Picchia, o cartunista Belmonte, General Miguel Costa, comandante da Coluna Prestes, o jurista Miguel Reale, túmulos dos ex-combatentes mortos na Revolução Constitucionalista de 1932 e dos estudantes Dráusio Marcondes de Sousa e Orlando de Oliveira Alvarenga – símbolos do movimento.

Abrigava também o corpo de Maria Izilda de Castro Ribeiro, a Menina Izildinha (1897/1911), conhecida como Santa Popular, porém foi transferida em 1958 para a cidade Monte Alto.

Desde os anos 1950, foram sepultados ali, no Mausoléu do Ator, comediantes, circenses e radialistas que fizeram sucesso na capital no início do século 20.

Conta ainda com o Mausoléu dos Esportistas Veteranos, onde foi sepultado um dos primeiros craques do futebol paulista, o jogador Arthur Friedenreich.

Endereço:
Rua Cardeal Arcoverde, 1217
Pinheiros
São paulo - SP
CEP: 05408-001
Tel.: (11) 3032-5986

Horário de Funcionamento:
Todos os Dias
Cemitério: das 8:00hs às 18:00hs
Velório: 24 horas.

Não Possui Estacionamento.

Curiosidades

O Cemitério São Paulo durante vários anos acolheu o corpo de Maria Izilda de Castro Ribeiro, a Menina Izildinha "o Anjo do Senhor". Nascida em Póvoa de Lanhoso - 1897 e falecida em Guimarães - 1911.
em Portugal.

Seu corpo veio de Portugal em 1950, depois de 39 anos do seu falecimento, trazido pelo seu irmão Altino, Industrial e morador no Brasil. Foi vítima de Leucemia aos 14 anos de idade.

Ao ser exumada em Portugal para ser trazida ao Brasil, é que se verificou que seu corpo continuava intacto, com a mesma aparência quando fora sepultada. Foi quando a população local de forma alguma queria que fosse removida para o Brasil. Mas de nada adiantou. Altino tentou, tentou, até que conseguiu trazê-la.

Em seu curto período de vida, foi  uma criança muito boa e meiga, a ela são atribuídos muitos milagres, Graças e Curas. Porém até hoje a Igreja ainda não a considere como uma Santa, possui uma grande quantidade de fiéis e seguidores.

Seu corpo ficou na Necrópole São Paulo de 1950 até 1958, quando foi translada para o Mausoléu da família na cidade de Monte Alto, interior Paulista.

 

 

 Localização:

 

Como Chegar

 

Summary
Reviewer
Cemitério São Paulo
Review Date
Reviewed Item
Cemitério São Paulo
Author Rating
4

 

Videos Relacionados ao
Cemitério São Paulo

 

 

Floricultura Cemitério São Paulo

Floricultura Cemitério São Paulo

Como Chegar:

onibus para cemiterio

Ônibus para o Cemitério São Paulo

Linhas de Ônibus para a
NECRÓPOLE SÃO PAULO

(Rua Cardeal Arcoverde, 1217)
177H Horto Florestal - Butantã/USP
177P Pedra Branca - Butantã/USP
701A Pq. Edú Chaves - Metrô Vila Madalena
701U Jaçanã - Butantã/USP
6253 Pq. Ipê - Praça da Bandeira
7241 Jd. Colombo - Praça Ramos de Azevedo
771P Jd. João XXIII - Hosp. das Clínicas
6250 Jd. Jaqueline - Term. Bandeira
715F Shopping Continental - Lgo. Da Pólvora
7566 Rio Pequeno - Term. Princesa Isabel
778J Jd. Arpoador - Metrô Barra Funda
719P Pinheiros - Metrô Armênia
856R Lapa - Socorro
6245 Vila Sônia - Pça. do Correio
719R Rio Pequeno - Metrô Barra Funda
8171 Perus - Pinheiros
117Y COHAB Jd. Antártica - Pinheiros
7002 Jd. Rosa Maria - Hospital das Clínicas (circular)
7002/31 Jd. Rosa Maria - Hosp. das Clinicas (circular)
7043 Jd. Ingá - Hospital das Clínicas
775F Jd. das Palmas - Hosp. das Clinicas (circular)

 

Floricultura
Cemitério São Paulo

Coroa de Flores Taquari

Coroas de Flores Taquari

Com mais de quinze anos de experiência, dispomos de Coroas de Flores, com pronta entrega no Cemitério São Paulo.

Velório:

Com Funcionamento 24 horas o Velório do Cemitério São Paulo , fica localizado dentro do próprio cemitério, local bem tranquilo e  seguro,  pelo menos até o momento não se tem noticias de problemas com delinquentes neste local, tem apenas 3 salas de velórios amplas e bem iluminadas, distribuídas em dois pavimentos, no térreo fica a sala de velório mais ampla, denominada suíte, no andar superior estão as salas A e B. 

Telefone do Velório:
11 3814-0219.
Não possui estacionamento.
O endereço de entrada do Velório fica na parte de trás do cemitério, na R Luis Murat, s/n.

Conheça Mais:  Velório Cemitério São Paulo

Telefone
Cemitério São Paulo

Administração: 3032-5986
Velório: 3814-0219

Personalidades Sepultadas
no Cemitério São Paulo

Aldo Bonadei – pintor (1906-1974)

Francisco Prestes Maia – prefeito de São Paulo (1896-1965)

Menotti Del Picchia – escritor (1892-1988)

Victor Brecheret – escultor (1894-1955)

José Ermírio de Moraes - industrial  (1900-1973)

1 Comentário

  1. Fernando

    Realmente, um belo cemitério. Enche a nossa cabeça de imaginação. Fico imaginando como era antigamente, os seus costumes, suas dificuldades, seus hábitos, seus anseios. Há a imaginação vai longe… Abraços a todos!

Escreva uma Homenagem ao seu Ente Querido!
E se este site foi útil para você
Deixe seu comentário!
Ele será muito importante para nós!

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Nome*

Email*

Website